Resultados: sobre a supervisão de um técnico pinheirense, Brasil conquista um bronze na canoagem

Thiago Oliveira Borges integrou a comissão técnica da canoagem de velocidade, contribuindo para o resultado de Vagner Souta

 

A canoagem de velocidade encerrou sua participação nos Jogos Pan-Americanos de Lima garantindo para o Brasil um ouro e dois bronzes. No total foram quatro dias de provas, entre 27 e 30 de julho e a delegação brasileira contou com 10 atletas. Os resultados foram conquistados pelo medalhista olímpico Isaquias Queiroz, na categoria C1 Masculino 100m, que foi ouro; Ana Paula Vergutz, que ficou com o bronze no K1 Feminino 200m; Vagner Souta, que também levou o bronze no K1 Masculino 1000m.

Convocado como um dos membros da equipe técnica da canoagem de velocidade, o técnico pinheirense Thiago Oliveira Borges, atuou de forma mais direta com o canoísta Vagner Souta, que competiu também no K1 competiu também no K2 Masculino 1000m e no K4 Masculino 500m. Além das provas individuais, o atleta também fez dupla com outro brasileiro, Edson Silva e ficaram com o 6º lugar no K2 Masculino 1000 metros. Pelo K4 Masculino 1000m Vagner e Edson dividiram a embarcação com os estreantes em Jogos Pan-americanos: Pedro Costa e Patrick Elieser Faustino, o quarteto também chegou na 6ª posição.

O técnico pinheirense avalia de forma positiva a atuação da equipe e reforça que o medalhista de bronze já começa a pensar nas Olímpiadas.

“A participação deles foi boa. Estavamos com uma equipe de caiaque pequena, onde tivemos 4 atletas classificados para essa competição. Participamos de 4 provas (K1 1000m, K2 1000m, K4 500m e K1 200m), onde os atletas tiveram que remar mais do que uma prova e além disso, 50% da equipe é nova. O Vagner remou bem, agora ele começa a se preparar para a classificação olímpica, que será daqui a três semanas”, comenta Thiago.