Resultados: Pinheirenses Nory e Chico fazem dobradinha no pódio da ginástica

Francisco Barretto e Artur Nory levam ouro e prata na barra fixa, no último dia da ginástica no Pan de Lima

 

A quarta-feira (31), foi o último dia de competições da ginástica artística em Lima, e foi um último dia para fechar com chave de ouro e de prata para os ginastas pinheirenses. Com a melhor campanha da ginástica brasileira na história dos Jogos Pan-Americanos, os atletas do Pinheiros contribuíram muito para o feito histórico.

Como de costume a competição encerrou com a barra fixa.Os pinheirenses já haviam liderado a classificatória, mas Arthur Nory era o favorito, depois de ter feito 14,400 na classificatória e repetido a nota na final do individual geral. Começando as apresentações Nory empolgou a torcida e fez uma série quase perfeita, onde conseguiu melhorar ainda maus a sua nota ficando com 14.533 e passando a ocupar o primeiro lugar, onde permaneceu até a apresentação da última série. O último atleta a competir foi justamente o seu companheiro de Clube e para a alegria da torcida, Franscico Barretto Jr. passou o compatriota com uma série impecável para 14.566. Os brasileiros dominaram o pódio do aparelho, garantindo a dobradinha

Chico mostrou que é o melhor ginasta do Brasil em Lima, o pinheirense conquistou sua terceira medalha, e a terceira de ouro. Ele já havia sido campeão por equipes e no cavalo com alçasficou apenas 0.033 pontos acima de Arthur Nory, que também levou a terceira medalha em Lima, sendo um ouro por equipes e outra prata, no Individual Geral.

“Estamos colhendo frutos de trabalho duro. A preparação do ano foi pesada, foi difícil. Estamos procurando melhorar o grau de dificuldade junto com a qualidade das séries. Aqui deu para testar. A gente veio preparado. Deu para testar para que ocorra tudo bem no Mundial e que a gente possa garantir a vaga olímpica” – comemora Chico.

 

Foto: Ricardo Bufolin