Pinheiros é a base do polo aquático nos Jogos Pan-Americanos

Entre as seleções masculina e feminina, o Pinheiros teve 11 atletas convocados para os Jogos de Lima. Seis mulheres e cinco homens defenderão o Brasil a partir de 26 de julho em Lima, no Peru. As mulheres vêm de duas medalhas de bronze consecutivas, em Toronto (2015) e Guadalajara (2011), e buscam um título inédito. São quatro ouros dos Estados Unidos nas quatro últimas edições do Pan.

O técnico Eduardo Abla convocou as pinheirenses: Thatiana Pregolini (goleira), Gabriela Mantelatto,  Diana Abla, Viviane Bahia, Marcela Marques e Mariana Rogê. Para o time masculino, Grummy, Rafael e Pedro Vergara, Herman e Guilherme Leiva foram chamados pelo treinador Ângelo Coelho.  A seleção masculina ficou com o vice-campeonato após a final de Toronto com os Estados Unidos. Foi campeã no Pan de 1963, em São Paulo, e ainda conquistou seis pratas e cinco bronzes, sempre com atletas do Pinheiros.

Neste ano, a goleira pinheirense terá o desafio de disputar seu primeiro Pan, em Lima. “Será muito importante porque é seletivo para a Olimpíada, com três vagas para Tóquio. Como os Estados Unidos já estão classificados, nossos maiores rivais serão Canadá e Cuba. Estou muito motivada para jogar meu primeiro Pan, é o principal torneio da minha carreira até agora”, enfatizou Thatiana, de 19 anos, e que logo após o Pan, jogará o Mundial Júnior na Ilha da Madeira, em Portugal, em setembro.