Atletismo do Pinheiros confirma índices para o Pan de Lima

Tendo como objetivo duas grandes competições este ano: os Jogos Pan-Americanos de Lima, em agosto e o Mundial de Doha, no final de setembro e início de outubro, a equipe de atletismo do Pinheiros começou a temporada de 2019 a todo vapor. Neste final de semana, alguns atletas participaram de competições internacionais e mais uma vez tiveram um bom desempenho, com alguns deles ratificando novamente os índices de suas respectivas provas.

GPs Sul-Americanos
Entre sexta (29) e domingo (31) a cidade de Concepción del Uruguay, na Argentina, realizou três GPs Sul-Americanos que contaram com a participação de uma equipe da seleção brasileira. Entre os atletas que estiveram entre os representantes do país, três pinheirenses competiram e obtiveram marcas expressivas, garantindo os índices necessários para os Jogos Pan-americanos e Mundial.

 

Augusto Dutra na prova do salto com vara 

Augusto Dutra, do salto com vara foi um dos destaques do Clube. Há duas semanas atrás, no Torneio realizado em Bragança Paulista (SP) o atleta já havia conseguido o índice necessário para o Pan-americano (5,20m), saltando 5,61m. Já nas competições realizadas na Argentina, na sexta-feira (29), no GP Noemi Simonetto, ficou em segundo lugar, com 5,40m e no domingo (31), no GP Hugo Mario La Nasa, venceu a prova ao saltar 5,71m, ratificando o índice para o Pan de Lima e conquistando também o necessário para o Mundial de Doha.

“Eu me preparei muito bem para fazer o índice nesse começo de temporada, e o objetivo foi concluído. Agora preciso continuar treinando bem e me manter nesse nível para alcançar resultados ainda melhores nos jogos Pan-americanos e Mundial. Tenho certeza que estou no caminho certo, pois confio no trabalho do meu técnico e tenho todo o suporte que preciso no Pinheiros, analisa Augusto.

Outro pinheirense que já havia feito uma boa estreia em Bragança, que também teve um ótimo desempenhos durante os GPs, foi Allan Wolski, do lançamento do martelo. “Foram apenas três competições até o momento, sendo uma no Brasil e duas na Argentina, com as marcas de: 72.47m, 72.37m e a última 73.29m. Isso nos dá grandes esperanças para o ano. Tem sido muito bom esse início de temporada para mim, estava fazendo treinos fortes, mas não imaginava começar tão bem assim”, ele comemora.

 

Allan Wolski na prova do lançamento do martelo

Para os Jogos Pan-americanos, a prova do lançamento do martelo tem como índice 68,00m, já no Mundial de Doha o exigido é 76,00m. Com os resultados das três competições Allan já garantiu o exigido para o Pan. “O objetivo era fazer grandes marcas mais para frente, mas tivemos um bom sinal com os resultados obtidos, meu nível técnico subiu, estou mais estável e melhor. Isso me deixa empolgados para 2019/2020”.
O lançador comenta que a agenda segue cheia durante todo o mês de abril e que só retornará para o Brasil no dia 26, já emendando em outra competição nacional, o Grande Prêmio Brasil de Atletismo, que será no dia 28 de abril.

“No próximo final de semana tenho mais uma no Chile (6 de abril), dia 10 estou indo aos Estados Unidos para fazer de 4 a 6 provas e depois retorno ao Brasil para o Grande Prêmio Brasil de Atletismo. Enfim, será um mês bem cheio e tenho grandes expectativas. Se tudo se encaixar farei o índice para o mundial”, ele conclui.

Vitória Cristina Rosa também competiu os 100m rasos no domingo, com o tempo de 11s44, que é abaixo dos 11s60 exigidos para participar dos Jogos Pan-americanos de Lima. A velocista também já havia batido a marca ao correr 11s22, no Torneio de Bragança, marca da qual inclusive a qualifica também para o Mundial de Doha (11s24).

Team 4 Titus and Ely Invitational

 

Paulo André da prova dos 100m rasos

Também em ritmo de ano pré-olímpico e visando à preparação não só para este ano, onde acontece os Jogos Pan-americanos e Mundial, mas já pesando nas Olímpiadas de Tóquio em 2020, outro grupo de brasileiros do atletismo está nos Estados Unidos, onde devem permanecer até o final do mês de abril. Os atletas participam do Camping Internacional de Treinamento e Competição, no Centro Olímpico de Chula Vista, em San Diego.

No final de semana o grupo participou de uma competição universitária, o Team 4 Titus and Ely Invitational onde obtiveram resultados expressivos. Entre os atletas brasileiros, três pinheirenses foram destaques conseguindo atingir índices que os qualificam para as competições que são o objetivo do ano.

 

Gabriel Constantino especialista nos 110m com barreira, que conseguiu índice nos 100m rasos

O velocista Paulo André, que segue em um bom ritmo e chega cada vez mais próximo de baixar a sua marca da casa dos ’10 segundos, concluiu a prova dos 100m rasos em 10s07, tempo abaixo do índice exigido tanto para no Pan (10s30), quanto no Mundial (10h10). Gabriel Constantino, que na verdade é especialista na prova dos 110m com barreira, também competiu bem nos 100m, ficando com a segunda colocação logo atrás do seu companheiro de Clube, com o tempo de 10s28. Além disso, Constantino também competiu nos 200m e ficou com o ouro ao concluir em 20s80.

 

Elaine Martins, da prova do salto em distânica

Outra atleta do Pinheiros que ratificou seu índice para os Pan de Lima (6,48m), agora nos Estados Unidos, foi Eliane Martins da prova do salto em distância. Ela já havia feito a marca necessária durante o Torneio de Atletismo Paulista, realizado no próprio Clube no início de março, com o resultado de 6,62m. Já nesta competição universitária ela saltou 6,59m, que também a qualifica.
Quem também faz parte do grupo que permanecerá por lá até o dia 25 de abril é o jovem atleta Alisson dos Santos, que garantiu a primeira colocação na prova dos 400m, com o tempo de 47s05, faltando baixar menos de 1 segundo para também atingir o índice necessário para Lima (46s10). A marca feita, no entanto, o qualifica para o Campeonato Pan-Americano Sub-20 de San Jose, na Costa Rica, de 14 a 16 de julho (46s74). Ele também já havia competido no Torneio realizado no Pinheiros onde o seu tempo foi ainda melhor 46s09.

Foto: RicardoBufolin/ECP

Confira abaixo a lista de todos os atletas do Pinheiros que já conseguiram os índices exigidos para os Jogos Pan-americanos de Lima:

100m rasos – Masculino (índice – 10s30)
Paulo André (10s07 – Team 4 Titus and Ely Invitational)
Gabriel Constantino (10s28 – Team 4 Titus and Ely Invitational)

100m rasos – Feminino (índice – 11s60)
Bruna Farias (11s56 – Torneio de Bragança)
Franciela Krasucki (11s39 – Torneio de Bragança)
Vitória Rosa (11s22 – Torneio de Bragança; 11s44 – GP Hugo Mario La Nasa)

Arremesso do Peso – Masculino (18,50m)
Darlan Romani (21,83m – Torneio do Pinheiros de fevereiro;)

Arremesso do Peso – Feminino (16,30m)
Kelly Christine Medeiros (16,31m – Torneio do Pinheiros de fevereiro;)

Lançamento do Martelo – Masculino (índice – 68,00m)
Allan da Silva Wolski (72,47m – Torneio de Bragança; 72.37m – GP Noemi Simonetto ;73.29m – GP Hugo Mario La Nasa)

Lançamento do Disco – Feminino (índice – 54,30m)
Andressa de Morais (62,32m – Torneio de Bragança;)

Lançamento do Dardo – Feminino (índice – 53,00m)
Laila Ferrer (58,71m – Torneio de Bragança;)

Salto com Vara – Masculino (índice – 5,20m)
Augusto Dutra (5,61m – Torneio de Bragança; 5,40m – GP Noemi Simonetto; 5,71m – GP Hugo Mario La Nasa)

Salto em Distância – Masculino (índice – 7,90m)
Lucas Marcelino dos Santos (7,91m – Torneio do Pinheiros em março)

Salto em Distância – Feminino (índice – 6,48m)
Eliane Martins (6,62m – Torneio do Pinheiros em março; 6,59m – Team 4 Titus and Ely Invitational)

Heptatlo (índice – 5.570 pontos)
Vanessa Spinola (5.667 pontos – Torneio de Bragança)

Decatlo (índice – 7.300 pontos)
Luiz Alberto Cardoso de Araújo (7.586 pontos – Torneio de Bragança)

Maratona – Feminina (índice – 2h50m00s)
Valdilene dos Santos Silva (2h32m01s – Maratona de Frankfurt; 2h34m12s – Nagoya Women’s Marathon)
Andreia Aparecida Hessel (2h34m56s – Maratona de Frankfurt; 2h34m55s – Nagoya Women’s Marathon)

Para o atletismo, o período para obtenção de índices é entre 1º de janeiro e 16 de junho de 2019. No caso das provas de maratona e 50km de marcha atlética, o período e entre 1º de setembro de 2018 até 5 de maio de 2019.
Allan Wolki