Legados

1951 – Buenos Aires, Argentina

Pinheiros marca presença na primeira edição dos Jogos Pan-americanos e conquista suas primeiras medalhas:  bronze para a tenista Sylvia Villari, que recebeu a medalha das mãos da primeira-dama da Argentina, Evita Person e, no Atletismo, para Elizabeth Clara Muller, que se firmou como um dos grandes nomes da modalidade no Brasil.

1955 – Cidade do México, México

Duas mulheres trouxeram medalhas de bronze para o Pinheiros: Zilda Ulbrich (Basquete e Vôlei) e Ingrid Metzner (Tênis), no Pan que ficou conhecido como o Pan das Pinheirenses. Também foi a estreia do Clube no Levantamento do Peso, com Bruno Barabani.

1959 – Chicago, Estados Unidos

Primeiro ouro pinheirense com as jogadoras de Vôlei do Clube, Hidegarde Caroline Lassen e Vera Trezoitko. Também veio prata com o Basquete de Maria Helena, Nair Kanawatti
Cardoso e Zilda Ulbrich.

1963 – São Paulo, Brasil

O destaque na delegação do Clube foi o Polo Aquático, em que sete atletas eram do Pinheiros e conquistou a medalha de ouro. Na primeira vez que o Brasil foi sede dos Jogos, o pinheirense Roberto ChapChap foi o porta-bandeira da delegação verde e amarela.

1967 – Winnipeg, Canadá

As medalhas pinheirenses vieram em quatro modalidades diferentes: prata para Koji Michi no Levantamento de Peso; para o Vôlei, que tinha no time o atleta do Clube Mario Guy Faria Mariz; e para o Polo Aquático que contou com quatro pinheirenses: Ivo Kesselring Carotini, João Gonçalves Filho, Luiz Eduardo P. Lima e Paulo Kesselring Carotini; além do bronze de Ilson Pinton Asturiamo, na Natação.

1971 – Cali, Colômbia

Mais da metade dos pódios do Pinheiros vieram com o nadador José Roberto Diniz Aranha, que ganhou três medalhas : uma prata (100m livre) e dois bronzes (4x100m livre e 4x100m medley). Outra medalha, um bronze, veio com João Ernesto Jens, que integrou a seleção de Vôlei.

1975 – Cidade do México, México

O pinheirense João do Pulo encantou o público conquistando dois ouros no Atletismo: Salto em distância e Salto triplo. Na Esgrima, Francisco Itálico Buonafina e Frederico de Alencar fizeram parte da equipe de Espada que conquistou o bronze. O Vôlei brasileiro subiu ao pódio mais uma vez, conquistando a prata, com o pinheirense Sérgio Danilas no time.

1979 – San Juan, Porto Rico

João do Pulo brilhou outra vez, conquistando o bicampeonato nas suas duas provas. Na Esgrima, quem subiu ao pódio foi Francisco Itálico Buonafina, com a medalha de bronze. Também ficaram em terceiro lugar os ginastas João Francisco T. Levy e João Luiz.

1983 – Caracas, Venezuela

Pela primeira vez desde que começou a participar dos Jogos, o Pinheiros não conquistou medalhas.

1987 – Indianápolis, Estados Unidos

O Pinheiros mostrou sua força nas piscinas americanas. Na Natação, Ricardo Prado trouxe prata nos 200m costa e bronze nos 4 x 100m e nos 200m livre. Ainda tivemos um bronze no Polo Aquático com os pinheirenses Eduardo Comini, Eric Borges, Gilberto Gargiulo e Gilberto Guimarães. Outro terceiro lugar foi conquistado com Marcelo Sampaio, o Xexa, que integrou a seleção de Handebol.

1991 – Havana, Cuba

Em Cuba, o Pinheiros fez sua melhor campanha até então, conquistando 16 medalhas. Os destaques foram os nadadores Gustavo Borges, que conquistou cinco medalhas (duas de ouro, duas de prata e uma de bronze), e Emmanuel Nascimento (um ouro e uma prata). O Judô teve três pódios: Sérgio Ricardo de Oliveira (prata), Renato Dagnino e Sumio Tsujimoto (bronze). Edmilson Dantas, do Levantamento de Peso, trouxe mais três medalhas.

1995 – Mar del Plata, Argentina

A 12ª edição dos Jogos Pan-Americanos contou com 26 atletas do Clube representando o País em diversos esportes. Natação, Judô, Handebol, Polo Aquático e Levantamento de Peso estiveram no pódio. Destaque para o nadador Gustavo Borges, que bateu dois recordes e garantiu mais dois ouros para o Brasil.

1999 – Winnipeg, Canadá

Ginástica Olímpica, Handebol, Polo Aquático e Vôlei estiveram no pódio deste Pan. Destaque para os judocas, com cinco medalhas — um ouro, duas pratas e dois bronzes.

2003 – Santo Domingo, República Dominicana

Com sete atletas do Pinheiros, as seleções brasileiras feminina e masculina de Polo Aquático subiram ao pódio. Handebol, Judô, Vôlei, Natação e Saltos Ornamentais também foram esportes que levaram os pinheirenses ao pódio na 14ª edição, realizada na República Dominicana.

2007 – Rio de Janeiro, Brasil

Com um desempenho histórico, os atletas do Clube subiram ao pódio 42 vezes. Foram 9 medalhas de ouro, 9 de prata e 14 de bronze, se o ECP fosse um país, ficaria em 11º no quadro geral de medalhas. O destaque pinheirense foi o nadador Cesar Cielo, que conquistou três ouros.

2011 – Guadalajara, México

Conquistas inéditas pinheirenses marcaram a edição dos Jogos no México. O associado Fernando Reis foi o primeiro atleta do Levantamento de Peso do Clube a conquistar uma medalha de ouro. A maratonista Adriana Silva também fez história e subiu ao lugar mais alto do pódio.

2015 – Toronto, Canadá

Das 141 medalhas alcançadas pelo Brasil, 30 vieram de atletas pinheirenses (9 de ouro, 8 de prata e 13 de bronze) o que representa 10% da conquista da delegação brasileira. A Natação do ECP brilhou e trouxe 14 medalhas.

Legados

1951 – Buenos Aires, Argentina

Pinheiros marca presença na primeira edição dos Jogos Pan-americanos e conquista suas primeiras medalhas: bronze para a tenista Sylvia Villari, que recebeu a medalha das mãos da primeira-dama da Argentina, Evita Person e, no Atletismo, para Elizabeth Clara Muller, que se firmou como um dos grandes nomes da modalidade no Brasil.

1955 – Cidade do México, México

Duas mulheres trouxeram medalhas de bronze para o Pinheiros: Zilda Ulbrich (Basquete e Vôlei) e Ingrid Metzner (Tênis), no Pan que ficou conhecido como o Pan das Pinheirenses. Também foi a estreia do Clube no Levantamento do Peso, com Bruno Barabani.

1959 – Chicago, Estados Unidos

Primeiro ouro pinheirense com as jogadoras de Vôlei do Clube, Hidegarde Caroline Lassen e Vera Trezoitko. Também veio prata com o Basquete de Maria Helena, Nair Kanawatti
Cardoso e Zilda Ulbrich.

1963 – São Paulo, Brasil

O destaque na delegação do Clube foi o Polo Aquático, em que sete atletas eram do Pinheiros e conquistou a medalha de ouro. Na primeira vez que o Brasil foi sede dos Jogos, o pinheirense Roberto ChapChap foi o porta-bandeira da delegação verde e amarela.

1967 – Winnipeg, Canadá

As medalhas pinheirenses vieram em quatro modalidades diferentes: prata para Koji Michi no Levantamento de Peso; para o Vôlei, que tinha no time o atleta do Clube Mario Guy Faria Mariz; e para o Polo Aquático que contou com quatro pinheirenses: Ivo Kesselring Carotini, João Gonçalves Filho, Luiz Eduardo P. Lima e Paulo Kesselring Carotini; além do bronze de Ilson Pinton Asturiamo, na Natação.

1971 – Cali, Colômbia

Mais da metade dos pódios do Pinheiros vieram com o nadador José Roberto Diniz Aranha, que ganhou três medalhas: uma prata (100m livre) e dois bronzes (4x100m livre e 4x100m medley). Outra medalha, um bronze, veio com João Ernesto Jens, que integrou a seleção de Vôlei.

1975 – Cidade do México, México

O pinheirense João do Pulo encantou o público conquistando dois ouros no Atletismo: Salto em distância e Salto triplo. Na Esgrima, Francisco Itálico Buonafina e Frederico de Alencar fizeram parte da equipe de Espada que conquistou o bronze. O Vôlei brasileiro subiu ao pódio mais uma vez, conquistando a prata, com o pinheirense Sérgio Danilas no time.

1979 – San Juan, Porto Rico

João do Pulo brilhou outra vez, conquistando o bicampeonato nas suas duas provas. Na Esgrima, quem subiu ao pódio foi Francisco Itálico Buonafina, com a medalha de bronze. Também ficaram em terceiro lugar os ginastas João Francisco T. Levy e João Luiz.

1983 – Caracas, Venezuela

Pela primeira vez desde que começou a participar dos Jogos, o Pinheiros não conquistou medalhas.

1987 – Indianápolis, Estados Unidos

O Pinheiros mostrou sua força nas piscinas americanas. Na Natação, Ricardo Prado trouxe prata nos 200m costa e bronze nos 4 x 100m e nos 200m livre. Ainda tivemos um bronze no Polo Aquático com os pinheirenses Eduardo Comini, Eric Borges, Gilberto Gargiulo e Gilberto Guimarães. Outro terceiro lugar foi conquistado com Marcelo Sampaio, o Xexa, que integrou a seleção de Handebol.

1991 – Havana, Cuba

Em Cuba, o Pinheiros fez sua melhor campanha até então, conquistando 16 medalhas. Os destaques foram os nadadores Gustavo Borges, que conquistou cinco medalhas (duas de ouro, duas de prata e uma de bronze), e Emmanuel Nascimento (um ouro e uma prata). O Judô teve três pódios: Sérgio Ricardo de Oliveira (prata), Renato Dagnino e Sumio Tsujimoto (bronze). Edmilson Dantas, do Levantamento de Peso, trouxe mais três medalhas.

1995 – Mar del Plata, Argentina

A 12ª edição dos Jogos Pan-Americanos contou com 26 atletas do Clube representando o País em diversos esportes. Natação, Judô, Handebol, Polo Aquático e Levantamento de Peso estiveram no pódio. Destaque para o nadador Gustavo Borges, que bateu dois recordes e garantiu mais dois ouros para o Brasil.

1999 – Winnipeg, Canadá

Ginástica Olímpica, Handebol, Polo Aquático e Vôlei estiveram no pódio deste Pan. Destaque para os judocas, com cinco medalhas — um ouro, duas pratas e dois bronzes.

2003 – Santo Domingo, República Dominicana

Com sete atletas do Pinheiros, as seleções brasileiras feminina e masculina de Polo Aquático subiram ao pódio. Handebol, Judô, Vôlei, Natação e Saltos Ornamentais também foram esportes que levaram os pinheirenses ao pódio na 14ª edição, realizada na República Dominicana. 

2007 – Rio de Janeiro, Brasil

Com um desempenho histórico, os atletas do Clube subiram ao pódio 42 vezes. Foram 9 medalhas de ouro, 9 de prata e 14 de bronze, se o ECP fosse um país, ficaria em 11º no quadro geral de medalhas. O destaque pinheirense foi o nadador Cesar Cielo, que conquistou três ouros. 

2011 – Guadalajara, México

Conquistas inéditas pinheirenses marcaram a edição dos Jogos no México. O associado Fernando Reis foi o primeiro atleta do Levantamento de Peso do Clube a conquistar uma medalha de ouro. A maratonista Adriana Silva também fez história e subiu ao lugar mais alto do pódio. 

2015 – Toronto, Canadá

Das 141 medalhas alcançadas pelo Brasil, 30 vieram de atletas pinheirenses (9 de ouro, 8 de prata e 13 de bronze) o que representa 10% da conquista da delegação brasileira. A Natação do ECP brilhou e trouxe 14 medalhas.